sexta-feira, 19 de abril de 2013

Sensações

Lendo o blog da Imaculada -Artes percebi que compartilho com ela muitos dos sentimentos que ela tem em relação ao cantinho em que  vive.
Mas ao mesmo tempo sou muito diferente dela!
Sou muito apegada 'as coisas que conquistei ao longo da vida e sei que elas me acompanharão enquanto eu estiver por aqui.Quanto 'as pessoas tenho consciência que elas estarão comigo por tempo determinado pelo destino.Há encontros e desencontros...há afinidades...antipatias e empatias...não explicadas...No momento tenho duas Marinas e uma Imaculada(das conversas terapêuticas) que conseguem me ajudar a redescobrir o meu mundo,a repensar minha vida,a resgatar a mulher que fui e deixei de ser ao longo da vida,sei que ela renascerá de forma diferente daquela,pois hoje tenho uma nova bagagem com novas experiências vividas.E estou gostando dessa nova experiência!
Ainda não consegui entender porque algumas pessoas insistem em sugerir que eu venda minha caminhonete,o maior e melhor sonho de consumo que conquistei!!!Eu só vou vende-la para comprar outra,4x4 ,com tração nas quatro rodas! Por que sempre gostei de caminhonetes? Ainda não descobri! Talvez porque elas sejam compatíveis com meu perfil!Se tenho medo de dirigí-la? Não,não tenho! Tenho medo de arranhá-la,de desapontar meu marido,de quem  ganhei quando já não a esperava mais...Da mesma forma que não levarei o tablet este findi porque vou sair de casa muito cedo e não quero correr o risco de perde-lo num possível assalto! Por falar nisso,sempre que fui assaltada,não reagi nem senti medo,mas no dia seguinte me sentia impotente,sem coragem nem vontade para voltar ao trabalho,local dos assaltos(a cada três meses eu recebia essa visita indesejável).Os assaltos aconteciam quando menos eu os esperava,hoje vivo sempre de sobreaviso,achando que eles poderão acontecer a qualquer momento!
O momento de hibernação acabou! Vou voltar a viajar,a revisitar lugares e pessoas,a conhecer outros lugares e ser feliz!Se quando eu voltar minhas coisas já não estiverem mais me esperando,tiverem ido para o lixão...paciência! vai ficar aquela sensação de perda,exatamente como ficaram muitas coisas que perdi e nunca mais puderam ser substituídas!
Tenham um lindo fim de semana! Inté!

8 comentários:

  1. Olá Cirlei, obrigada pela visita lá no blog
    O que importa é se sentir feliz!!
    Adorei o post de desabafo, beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente,Dea! Este foi mesmo um post de desabafo!Volte sempre! Foi bom revê-la aqui! Bjs.Inté!

      Excluir
  2. às vezes temos que dar lugar ao novo Cirlei, mas isso não significa que temos que jogar todas as lembranças fora. Agora, o que me chocou nesse post foi a quantidade de vezes que vc foi assaltada... MELDELS, perigo.

    Kisu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah,os assaltos ficaram apenas nas lembranças.Estou tentando escolher novos caminhos. Vamos ver!Tenha uma linda semana!Kisu! Inté!

      Excluir
  3. nossa, Cirlei! uma pena tantos assaltos, mas graças a Deus vc está viva. o trauma fica né, é terrível.

    é verdade, mtas vezes precisamos estar abertos para o novo, inusitado, as coisas não saírem do jeito que a gente gostaria. assim é a vida.

    bom fim de semana! (estou voltando aos blogs, estou melhor de saúde)
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Alexandre,tudo bem? Voltei a ler seu blog e fico muito feliz que vc esteja melhor de saúde.Adoro seus posts,festivais,musicas,artes,fotos tudo retrata a vida aí no Japão.Gosto muito´e já dei seu endereço para algumas pessoas que sei gostariam de ler também.Obrigada pela visita.Tenha uma linda semana! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Cirlei,
    Obrigada pela sua presença em meu blog e pelas carinhosas palavras. Prazer enorme!
    Vc tem razão amiga... sejamos felizes, apesar das adversidades da vida!
    Beijos e muita paz!

    ResponderExcluir
  6. Mãe, coisas são só coisas. Umas vãom, outras vem.
    Há treze anos eu carrego comigo a minha coleção de mascaras. Já foram 6 países, e elas estão sempre lá, numa parede de destaque.
    mas as mascaras não sao as mesmas. A primeira que quebrou, levou um pedaço do meu coração com ela. mascaras de lugares que eu visitei e provavelmente não revisitarei.
    Depois descobri que a mascara foi, mas as lembranças que eu vivi ficaram e vao ficar para sempre.
    Hoje quando uma quebra, eu nem penso duas vezes. Digo para quem a quebrou: nao se preocupe, essa coleção é organica. Uma vai, outras vem.... E elas já sao 150!!!

    Quanto a caminhonete, ninguém tem nada a ver com a sua vida.
    Dirija o que você quiser, para onde voc6e tiver vontade.

    E benvindo o Fênix!

    Se encontre,s e reinvente, faça o que você tiver que fazer para ser feliz!

    ResponderExcluir