quinta-feira, 31 de maio de 2012

Por que será?

Existem pessoas que mesmo vivendo muito distante da gente conseguem manter um estreito vínculo conosco. Não importa a nacionalidade ou a distãncia.Elas existem e nos fazem felizes.Há uma sincronia de sentimentos e pensamentos que nos ligam sem que para isso a gente precise fazer qualquer esfôrço.Estão lá e pronto!
Algumas dessas pessoas se perderam no tempo...a Gladys,uma uruguaia que conheci quando morei em São Vicente,ela tinha uma filhinha linda e era mulher de um jogador de futebol...a Gisela,uma angolana que estudou comigo na PUCC...a Hong que conheci na NZ...a Olenka,descendente de italianos e sempre de bom humor! Enfim essas pessoas passaram pela minha vida e,gratuitamente me identifiquei com elas.
Há um entrosamento de sentimentos e opiniões que nos unem.Mas existem outras que é quase impossivel qualquer comunicação.Um exemplo é a Juliana ,fisioterapeuta e não há a menor chance da gente se entender...nem pelo olhar! Ela foi trabalhar em outro local,reencontrei com ela lá...aiaiai sorrisos forçados quando nos cumprimentamos...e pior,ela me chama de CIRLENE!Há uma aversão recíproca e sem nenhuma justificativa!
Como não tenho crenças fica dificil eu aceitar qualquer justificativa em vidas passadas...mas que eu gostaria de entender isso eu gostaria!Inté!

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Musicas


Tem muitas músicas que eu gosto. Algumas gosto por gostar...outras gosto porque me lembram alguma fase da minha vida e outras apenas pelo rítmo delas.Escolhi esta,timidamente,apenas para aprender a postar. Tem dias que amanheço nostálgica,com saudades de mim...então,algumas musicas me ajudam a 'curtir' esse momento...Evinha,uma cantora que fazia parte do TRIO ESPERANÇA tem uma música que eu amo:Casaco Marrom,ouço,torno a ouvir e nunca me canso...certamente me identifico com a música tamanho o apêgo que tenho por ela.Tenho uma lista infindável de músicas que me recordam bons momentos ou são um grito de renovação como esta da EVINHA..."vou vestir de novo meu casaco marrom..." Inté a volta!

Bastião

Ele tem mais de setenta anos,é forte "como um touro",nunca fica doente,não toma remédios.Quando precisa toma cházinhos milagrosos para gripe ou outra mazela qualquer.
Trabalhou a vida inteira,como colono, para a familia do meu cunhado,nunca se casou. Mora na casa deste meu cunhado,ajudou a criar os quatro filhos dele,e hoje traz para 'os netos' guloseimas e brinquedinhos que são a alegria da criançada.Quando jovem, sempre que voltava da cidade para o sitio, trazia doces e brinquedinhos para as crianças,inclusive para minha filha,quando ela estava por lá!Guaraná do Indio,quindins,cocadas de fita,doce de abóbora,bolacha de cavalinho,pudins,guardachuvinha de caramelo,queijadinha...ah quantas delicias que faziam a festa da meninada!
Hoje as crianças cresceram,casaram e tiveram filhos.Bastião trata deles com o mesmo carinho que tratava dos pais.E todos tratam com amor e carinho o Bastião que não é um agregado e sim um membro da familia! Também pudera após tantos anos de dedicação!Fazem festa de aniversário para ele e ,como sei que ele adora tirar fotografias, resolvi colocar esta como homenagem e para que voces o conheçam.Eu sei que ele também gosta de mim e eu tenho um carinho especial por ele.Sempre 'proseamos' e ele me conta do seu passado e as histórias do nosso folclore,que eu adoro,e nas quais ele acredita! Já viu o saci pererê,a mula sem cabeça e outros personagens lendários que eu gostaria também de ter visto! Felicidades Bastão e muitos anos de vida! Inté!

domingo, 27 de maio de 2012

FAZENDINHA!

Da ultima vez que as meninas estiveram aqui fomos ,como de rotina,"almoçar" no Mcdonde.Hamburguers,batatas fritas,nuggets,coca colas e sorvetes!Tudo muito saudável!
Logo depois do "almôço" iamos em direção ao estacionamento para voltarmos para casa.
As meninas avistam uma loja,entram,escolhem uns adesivos plásticos...eu queria comprar só um,o avô comprou um para cada uma. Chegamos em casa,elas correram para o meu quarto e lá ficaram quietinhas!Aiaiai...alguma elas estão aprontando!Abrem a porta e sorridentes nos mostram a obra prima que fizeram!Uma das paredes estava decorada com os bichinhos da fazendinha e em letras maiusculas escrito FAZENDINHA!Rimos.Gostamos.E cada vez que entramos no quarto lembramos desta tarde de domingo,um domingo como o de hoje.Elas falaram que leram as instruções onde se diziam q só era possivel colocar em madeira ou plástico,mas que acharam que as instruções estavam erradas!Então decidiram colar na parede mesmo! Em volta de cada figura ficou uma marca de óleo...temos libélulas,vaquinhas,porquinhos,joaninhas,flores,ovelhinhas tudo decorando nosso quarto!Por que não tiramos a decoração até hoje?Bem,porque realmente gostamos e,se tirassemos,teríamos que pintar o quarto novamente e não temos a menor vontade de fazê-lo! Inté!"

sexta-feira, 25 de maio de 2012

backpackers

A fase de acampar já passou. Agora ando na fase de ficar em backpackers! Qual eu mais gostei? Foi em Wellington! Chego e me deparo com um prédio enorme.Entro na recepção e dou o voucher. A moça falou,falou e me deu um cartão plástico e um vale p um drink de boas vindas. Não entendi nada! Olhei,fiquei perâmbulando por ali e...de repente um moço passa o cartão e...zapt a porta do elevador se abre! E eu...zapt! Entro com ele! Desço no meu andar e...me deparo com um portão com grades e trancado! Ai meus deuses! Arrisco usar meu cartão mágico e...abracadabra! O portão se abre! Acho meu quarto individual. E agora para abri-lo? Peço ajuda para uma moça que encontrei no corredor! Ela abre. Entro.Fecho a porta e não tem luz! Corro para a mocinha outra vez e...ela ensina que é só colocar o cartão e deixar lá! Oba! Tudo certo agora. Meu quarto é minúsculo! Uma cama.Um ar condicionado.uma cadeira.Um cabideiro!Me instalo e vou aproveitar os drinks de boas vindas!Dou uma volta pela cidade.Amanhã é dia de ir ao museu maori,o TE PAPA,como rotina cada vez que eu ia para Wellington!A praia logo ali...o mar me esperando..as caminhadas...o cable car...tudo 'a minha espera!
Adorei Wellington! Adorei aquele albergue! adorei fazer o trajeto de trem de Palmy até Wellington vendo montanhas ('as vêzes com neve) e o mar logo ali na próxima curva! Nem preciso dizer que quero voltar!!! Inté!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Camping

Logo depois que casamos,compramos essa barraca! Ela representava nossos sonhos de viagens e liberdade! Era desconfortável acampar? Nós não sentíamos!Mas que era uma "dificulidade" armar essa barraca isso lá era! Hoje com um simples movimento...ploft! e a barraca está armada!Naquele tempo (1972) levava-se bem umas duas horas para deixar tudo pronto.Acampamos em Coxim(Mato Grosso),Lindóia,Rio das Pedras...e a cada aventura sempre a vontade de 'quero mais'!Depois de 21 dias pescando o que mais desejávamos era uma cama macia e quentinha e um banho de chuveiro bem quente!Onde conseguimos isso? Em Aquidauana,numa reserva indígena cuidada por missionários protestantes.Nunca pesquei tantos piaus! Era só jogar a isca e eles vinham...Rapidinho conseguiamos o peixe para o almôço!E quando chegava um novo vizinho,corriamos para oferecer nosso pescado! Não que fôssemos bonzinhos...é que tinhamos tantos peixes para salgar que era um prazer dividir com o amigo que chegava,principalmente para diminuir nosso trabalho.Bons tempos aqueles! Inté!

Eu preciso de estímulo!

Venho ao blog!
Quando leio receitas culinárias logo me dá vontade de fazer o tal prato! E como quase nunca tenho todos os ingredientes,improviso e sempre fica muito bom!
Ontem fiz pesto de manjericão,sugestão de Allan,ficou uma delícia!
Preciso sempre de estímulos! Para cozinhar,para caminhar,para ir 'a academia ,mas não há estímulo que consiga fazer eu arrumar casa,gavetas,armários! Faço uma bagunça maior do que estava e não consigo colocar tudo no lugar...o jeito é esconder tudo e esperar o próximo surto de limpeza!!!
Coloco gengibre ou ervas aromáticas,como hortelã,por exemplo,na garrafa de água mineral.Tenho alho descascado num vidrinho com óleo.Faço óleo ou azeite com alho ou ervas ou azeitonas e vou usando.Tenho arroz refogado com temperos no freezer que para ficar pronto basta colocar água e ir ao fogo...enfim uso muitas dicas que vou encontrando aqui e ali.
Obrigada Allan pelas sugestões! Hj fui 'a uma loja e comprei macarrão italiano,aproveitei para comprar oleo de côco e vinagre de Kiwi,ainda não experimentei.
Já fiz chás de gengibre,alfazema,tomilho e tenho gostado!
Tomara que esta minha fase culinária continue por bastante tempo! Inté!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Nas arabias

Andar de camelo? Uma nova experiência! Para as minhas meninas já é rotina,mas para mim foi uma experiência emocionante! Senti até um friozinho na barriga quando o camelo 'caiu' de joelhos na areia para descermos.Eu devo esta experiência 'a minha filha ,que sempre que pode,proporciona novas aventuras para nós todas!Inaie já experimentou esportes radicais,já visitou uma mesquita,já experimentou comidas exóticas como ema ou canguru . E muitas vêzes nos arrasta em suas aventuras!
Isso ajuda a abrir novos horizontes,ajuda também a enfrentar o desconhecido sem mêdo ou angustia...
Eu,em menor proporção,também procurei mostrar novos horizontes para Inaie quando pequena,repeti a dose com minhas netas,mas minha filha me superou e surpreendeu!Vamos esperar para ver como as meninas vão assimilar todo o conhecimento que tentamos lhes dar!Inté!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Anita,Lia e Leticia

 
Quando ficavamos na chácara,as meninas acordavam e,antes mesmo de tomarem o café,corriam para este lugar,contavam até três e ,a plenos pulmões,  gritavam lá de cima: LETIIIICIA! LETIIICIA! até que ela aparecia sorridente e subia o morro até lá em casa.
As meninas só 'devolviam' a Leticia de noitinha! Leticia era uma menina meiga,doce,sempre sorridente, dois anos mais velha que Anita e mediadora entre as meninas que disputavam sua atenção o tempo todo.Quando iamos passear pelas cidade vizinhass levávamos a amiguinha junto.Quando iamos passear no CAMPO dos SONHOS,lá ia Leticia fazer tirolesa,correr,brincar e se divertir!
Leticia tem paixão por cães,tem quatro em casa.Uma vez,quando pegou fogo na chácara ela se arriscou para pegar uma ninhada que estava num lugar perigoso.Ela é esperta,decidida e corajosa.
Hoje,Leticia tem dezessete anos,loirinha,pequena,continua meiga,sorridente e feliz! Daqui um mês Giovana chegará! Todos nós esperamos com alegria e ansiedade sua vinda. Leticia será mãmae!. Já está tudo pronto!O quartinho dela é um sonho!
Vanessa,a tia madrinha coruja não cabe em si de contentamento!
Seja benvinda GIOVANA! Inté!

sábado, 19 de maio de 2012

Casinha

Estamos indo para nossa casinha no alto da montanha. Lá é muito frio,venta muito,mas mesmo assim é muito aconchegante.
Tomamos chá quente,ficamos enrolados nas cobertas,uma sopinha 'a noitinha...e para quebrar a monotonia ouvimos o canto do curiango,um pássaro que só canta de noite.
Passeamos pelas cidades vizinhas,almoçamos no Marcio,um restaurante que serve peixes,e aos sábados sempre almoçamos no Restaurante Santo Antonio,'as margens do RIO DO PEIXE,tendo uma linda cachoeira como vista.A comida é caseira e gostosa.Assim que chego ,Conceição prepara uma porção de peixe como cortesia,mesmo sendo self service porque ela sabe que eu adoro peixe e frutos do mar!
Raramente vamos ver algumas lojinhas ou festas locais. Uma vez desci do carro e fiquei sózinha fotografando e filmando uma CONGADA que ensaiava na praça!
Não me imagino morando na chácara,apenas nos fins de semana me basta.Só gosto de lá quando as meninas estão com a gente.Daí tudo é festa,não há rotina nem monotonia. E a gente se esforça para levá-las nos esportes radicais,'as compras e onde mais elas queiram ir!
Bom fim de semana! Inté!

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Guaraci



Um dia fomos para Guaraci conhecer a outra parte da familia de meu marido que se mudou lá para o "sertão"(como chamavam a região).Fomos recebidos com muito carinho pela familia toda!
È uma linda história de amor entre uma viuva com quatorze filhos que se aventurou para Guaraci para se casar com um rico fazendeiro que a conheceu através de um caixeiro viajante que fêz a vez de cupido.
A brava e bela mulher se casou na sua cidadezinha e depois foi com o noivo e a 'filharada' ,de trem,para Guaraci.Foram muitos felizes lá no Sertão.
Não tiveram filhos,o marido também era viuvo e já tinha filhos.Ele foi um excelente padrasto,os filhos ainda hoje o reverenciam e sentem saudades do pai justo e honesto que ganharam.
Eu acredito em DESTINO e é esse mesmo destino que toma conta de nossas vidas!Inté!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Só comigo!

Tenho fases.Mas não sei como elas aparecem.No momento ando apaixonada por culinária! Eu nunca soube cozinhar.Apenas quatro pessoas gostam da minha comida: eu mesma ,minha prima Neide,minha amiga Bete e seu marido Conrado!
Agora ando pesquisando e treinando 'comidas exóticas".Experimento alimentos que eu nunca comi,mudo um pouco as receitas e...sempre gosto do paladar.
Nada muito esquisito: tofu,muitos tempêros,cogumelos,bardana,arroz preto e vermelho,quinua e por aí vou. Sempre compro algum condimento diferente,azeites maravilhosos e vinagres especiais.
Com isso tudo acabo melhorando minha alimentação,eliminei refrigerantes,substitui por chás,diminui o consumo de carne vermelha e coloquei uma tímida saladinha no cardápio.
Tomara que esta fase continue e que se transforme em hábito. Inté!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Eba! Ganhei!

Há muito não ganho sorteio algum! Eis que Luana faz um sorteio e eu,mais ou menos sem nem saber como fazer, me inscrevi! Delicia das delicias! Não é que fui sorteada?
Me sinto feliz como um criança! E para provar minha felicidade estou tentando colocar fotos,vídeos e musicas nos meus posts já publicados. 'As vêzes não sai muito certinho,mas com paciência e perseverança acho que chego lá!
Ser feliz é isso! É aproveitar os bons momentos mesmo estando triste e preocupada...Não só eu,todos nós aqui estamos preocupados com LIA,e essa preocupação é tão grande que precisa ser dividida,precisa ser extravasada...Queria Lia aqui perto de mim...eu que não creio em nada,nem pedir aos deuses por ela posso pedir...só me resta esperar...sem rezas nem orações...E as lágrimas da minha filha só fazem aumentar minha aflição. Só o tempo poderá amenizar o que estou sentindo.
Fulana e Nay obrigada pela atenção! Inté!

terça-feira, 15 de maio de 2012

A seriema




Sou louca por caminhonetes! Ganhei uma novinha de meu marido ! Então fomos experimentá-la indo para a chácara! Ela se comportou muito bem por esburacadas estradinhas de  terra  !
Na manhã seguinte,após o café,deitamos na rede.Meu marido lendo o jornal e eu olhando a paisagem, de sempre, ao longe.
Eis que chegam calmamente duas seriemas no "terreiro" de casa,andam altivas,cantam seus cantos estridentes,param e olham inquietas pra lá e pra cá...
De repente ouvimos um barulho surdo de lata! Olhamos e não vimos nada...Na segunda vez ,levantamos e fomos procurar de onde vinha o barulho que cortava a manhã silenciosa...
A jovem e briguenta seriema bicava a caminhonete! Pulava,abria as asas e o bico e...investia sobre minha caminhonete novinha!
Não pude deixar de rir! Apesar de estar incomodada com os riscos que ela fazia,fiquei sorrindo com a cena que via! A seriema se via refletida na caminhonete e não se reconhecendo,tentava afugentar a 'intrusa' que invadia seu território!
Apesar de ter a caminhonete toda riscada foi um momento de admiração por aquela ave que bravamente  lutava pelo seu espaço! Inté!

domingo, 13 de maio de 2012

Bastianinha

Minha homenagem,  neste final do DIA DAS MÂES,'a Bastianinha,figura exemplar de mulher que viveu em Campos do Jordão!
Bastianinha era uma figura miúda,eletrica,falava tão depressa que poucas pessoas a entendiam (só mesmo as que conviviam com ela). Corria daqui pra lá,de lá pra cá sempre numa frenética arrumação da casa...
Ela tinha um marido a quem idolatrava,amava com paixão desmedida e um único filho que era a razão de sua vida. Como prova desse amor indescritível,Bastianinha,lavava com sabonete as camisas do marido e do filho,engomava e passava com ferro de brasa,hoje objeto de museu. Trazia toda a roupa deles impecável,fazia todo dia o almôço e jantar para que eles não comessem 'comida requentada'e limpava a casa,deixando-a 'um brinco'!
Um dia ,Bastianinha,foi embora deste mundo,sem aviso prévio,mansamente,exatamente como viveu toda sua vida...sem ser sequer notada,pedindo desculpas 'pelo ar que respirara'.
O que aconteceu uma semana depois de sua morte?
Seu amado marido colocou outra espôsa em seu lugar...e a vida continuou a mesma...tranquila...lânguida... e acho que Bastianinha continuou viva apenas em minha lembrança!Inté!

sábado, 12 de maio de 2012

LIA e ANITA


Sempre que passamos juntas o Dia das Mães,minhaas netas ganharam presentes! Por que? Porque elas são as futuras mães de minhas futuras bisnetas!
E porque elas eram as mamães das bonecas delas num claro exercício para a maternidade futura!
Sempre procurei passar meus valores e as tradições de nosso país para elas. Uma vez estavamos em Santa Rosa do Viterbo e na casa em frente tinha uma FESTA do DIVINO,não tive dúvidas :fui lá e pedi para participar e levar minhas netas...claro que fomos bem recebidas! E quando elas beijaram a bandeira do DIVINO lá estave eu,'a postos, fotografando o momento!
Eu e a 'avó adversária' sempre ensinamos cantigas antigas e folclóricas,contamos estórias do nosso folclore,levamos 'a festas juninas,valorizamos os artesanatos locais,enfim tentamos passar 'a elas um pouco da nossa vivência com a esperança que "de tudo fique um pouco"...
Esse mesmo cuidado tive com minha filha,mas hoje ela se tornou uma "cidadã do mundo" e não sei se preserva os antigos ensinamentos...
FELIZ DIA DAS MÂES,LIA e ANITA! FELIZ DIA DAS MÂES,INAIE! E FELIZ DIA DAS MÂES PARA TODAS NÒS! Um Beijo! Inté!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Reflexão

 pá"As lembranças passadas ficam,tudo que vivemos era para ser vivido,o destino é como um livro do qual nós somos os autores,ele não vem pronto,antes de nascermos ele está em branco,ao nascermos introduzimos as primeiras passagens.Um começo,com o tempo através das escolhas,vamos escrevendo-o página por página,rabiscadas,rasgadas ou marcadas,onde encontramos obstáculos que indicarão a melhor hora para recomeçar.
     Nos últimos dias de vida,concluiremos. No final,deixamos nossas histórias marcadas no coração daqueles,que sempre farão parte dela,onde quer que estejam.
      Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo,é renovar as esperanças na vida e o mais importante,acreditar em voce de novo!

                                                                   Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Chacara


Temos uma chácara que é o sonho realizado de meu marido...eu preferia uma casinha na praia...enfim...
Há anos ele vem plantando árvores nativas para 'reflorestar' a região.
Assim,só temos espaço para plantas nativas,um "viveiro" a céu aberto para os passarinhos que chegam,se alimentam,fazem seus ninhos e criam seus filhotes por aqui.
Das redes na varanda ficamos observando os pássaros,'as vêzes,temos a sorte de ver um filhote alçar vôo pela primeira vez...Emocionante! O pai fica no chão,piando,incentivando a cria. A mãe dá apoio lá de cima,no ninho...e...nada do filhote se decidir...até que a mãe perde a paciência e...com o bico empurra o filhote,que,de susto,sai voando...
Um casal de seriemas moram por aqui e sempre somos acordados pelo canto dos pássaros bem de manhãzinha e os gritos (cantos?)estridentes das seriemas!
Um lindo dia para todos nós! Inté!

Tenho tido muito tempo para mim. Sabe aquele tempo que voce sempre desejou quando trabalhava freneticamente? Pois é,agora o tenho!
E aí,o que fazer com ele? Gasto mais tempo imaginando tudo o que farei quando as meninas vierem do que vivendo o momento atual! Muitas vêzes páro e 'volto a fita' tentando viver "este momento",que sei unico e não voltará.
Cada dia é uma 'caixinha de surpresas' e a vida pode dar uma guinada de um momento para o outro e fica sempre a ansiedade para querer antecipá-lo...calma! uma coisa de cada vez!
No momento estou curtindo o prazer imenso de conhecer voces,conversar com voces e abrir novos horizontes.
O 'bichinho carpinteiro' que vive em mim já tá ansioso por novas viagens,novas aventuras...Antigamente,muitas vêzes eu tomava um ônibus para um bairro qualquer desconhecido e ia descobrindo lugares maravilhosos na periferia...uma ponte sobre três rios...uma igrejinha azul linda...e assim aplacava minha fome de conhecer lugares novos. Ainda sinto vontade de fazer isso,mas fica mesmo só na vontade.
A técnica funciona quando estou fora de casa também...esse é o modo mais barato que encontrei para descobrir os lugares. Muitas vêzes eu comprava um passe que tinha a validade de um dia e ia escolhendo para onde ir,aproveitando dicas que os próprios motoristas me davam...sinto saudades!
Tenham um lindo dia! Inté!

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Anita e Lia

video


Quando elas eram bem pequenas elas vinham passar as férias longas aqui no Brasil(fato que se repete até hoje). As vezes até duas vêzes no ano.
Bem,eu e meu marido,desenvolvemos uma técnica infalivel para fazê-las dormirem sem problemas.
Lá pelas cinco da tarde,íamos para o Shopping Galeria (Campinas). Elas corriam pelo shopping,aproveitavam as atividades infantis que ele oferecia,jantavamos (invariavelmente no" Mc Donde"),unico lugar onde elas se alimentavam. E depois?
Ah! depois as levavamos no CENTRO DE BRINCADEIRAS e lá ficávamos nós, (horas) sentadinhos num banco esperando elas se divertirem e cansarem....Era pula pula,escorrega,pausa para desenhos e elas continuavam brincando alegres,suadas até se cansarem e pedirem para ir embora.
Hora de ir para casa para um banho e...cama! A Lia veio rapidinho sem reclamar e...cadê a Anita?
Ninguém a achava...dali ela não saira (lembra? ficavamos de guardiões o tempo todo, mas como tudo é possível...)
Chamamos a monitora,a gerência...nada!
Eis que LIA descobre a irmã! Sabe onde?
Dormindo na piscina de bolinhas! Ai meus deuses!
Técnica boa essa de cansar as meninas,né?
NEM TANTO! Inté!

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Anita


Quando minha familia morava no Brasil,'as vêzes eu levava Anita para o Jardim da Infancia,o GARATUJA,ela tinha dois aninhos!
Uma manhã estavamos a caminho da escola e eu,como boa motorista que sou,não conseguia ultrapassar um caminhão que ia bem devagarinho 'a nossa frente....
Lá pelas tantas,Anita diz: Motorista,motorista deixa minha vovó passar!
Só estavamos nós duas na caminhonete,mas não pude deixar de dar muita risada mesmo sózinha!
Outra vez,agora em MELBOURNR,fui com ela num correio e, com muita dificuldade comprei selos e enviei uma carta para o Brasil.
Quando saimos do correio,Anita disse: puxa vovó,como voce fala mal inglês!!!
Desta vez não ri muito não,só perguntei porque ela não tinha me ajudado...
E ela: Voce não me pediu! hahaha culpa minha então...
Muitas e boas! Dariam até um livro...
Em outro post conto mais! Inté!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Lala


As vêzes tenho uma companheirinha que é um amor! Filha unica,mimada ao extremo pelos pais corujas,a mãe é um pouco mais rigorosa,mas o pai...tem infinita paciência e paixão por ela.
Comigo ela é especial,adulta muitas vêzes(lembra que é criada apenas por adultos),embora de vez em quando aja como uma criança levada.
Travessa,mas estudiosa e responsável. Ela tem mêdo de animais e eu,sempre a levo na LAGOA DO TAQUARAL,ela se diverte comigo,faço acordos com ela,brinca,tira fotos,vence o medo,mas detesta os gritos de acasalamento do pavão...Depois tomamos sorvete e água de côco como "recompensa".Vamos a um restaurante rural,tem medo de galinha ,mas tiro uma foto :Lala com medo da galinha!hehehe ...e ela sorri.
Ela tem medo de papai noel e duendes,na época de Natal,vamos ao Parque em Paulinia,faço novos acôrdos,ela aceita o desafio,vai perto do papai noel,passeia pelo parque e,no fim até tira fotos com o Ninja! Um progresso e tanto!
Minha parte é levá-la aos shoppings,coisa que detesto fazer com crianças,ela se sente completamente 'a vontade,inteirada nos programas que os shoppings oferecem, e,invariavelmente terminamos no " Mac Donde",(que também tenho horror).
Aqui em casa,coloco uma roupa velha das meninas na Lala,vamos ao parquinho,deixo ela brincar na terra,se suja,brinca nos balanços,tiro fotos para mostrar aos pais,mais ou menos como eu fazia com minhas netas quando pequenas...
Escondida dos pais a levo para ir de onibus ao shopping,depois chamo a mãe para nos pegar...Lala se encanta,a mãe se preocupa...nós nos divertimos.
Ela me chama de vovó,mas quando está brava comigo me chama de Cirlei!
Quando se despediu de mim ,quando vim da casa dela para Campinas,ela falou: Vovó não demora para vir me visitar,não espere meu próximo aniversário.Vou ficar esperando! Vou ficar com saudades!
Não vou demorar não,Lala! Beijos! Inté

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Maio, 3




Quando eu era criança,o mês de maio tinha para mim uma magia especial.
Era o "Mês das Noivas" (por que será que as noivas escolhiam maio para se casar?) e o mês de Maria para os católicos.
A igreja se enfeitava de flôres,tinha cânticos em louvor 'a Maria e procissões.Para mim era um deslumbramento!Naquela época eu era católica,hoje sou agnóstica.
Anos mais tarde,o destino me deu o maior presente que já ganhei em maio,uma netinha!
Uma netinha loira,sorridente,feliz e,muitas vêzes bem brava!
Tinhamos uma empatia muito grande. Eu a fazia dormir e quando saia bem devagarinho,ela abria um berreiro e lá ia eu ,de volta para o berço...
Hoje já não há muita empatia,mas tento mesmo 'a distancia enviar bons fluidos e força para ela.
Pensamentos positivos,desejo que apenas momentos alegres façam parte de sua vida,votos de felicidades,enfim é o que lhe desejo!
Feliz Aniversário,Lia!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Reserva Pataxo



Ainda em Porto Seguro me lembro que minha amiga e sua filhinha escolheram passar o dia no Parque Aquatico! Esse programa não me atrai de forma alguma. Eu estava louca para ir para a Reserva Indigena Pataxó! Meu guia perguntou:tem certeza que quer ir? Não prefere outro passeio? Não! Eu quero ir,mesmo que sózinha!Então ele me levou,deixou lá e voltou mais tarde para me pegar...E eu feliz da vida!!!
Na reserva tive que esperar os indios acordarem,uma moça deu comida para as galinhas,outra encontrei acocorada sobre um fogão de lenha(parecia doente,meu guia falou carinhosamente com ela na lingua deles),outro mestiço,veio da cidade para trabalhar na reserva e,aos poucos o dia foi tomando vida.
Eles tem uma escola para as crianças indias ,a professora também é india.A escola tem computadores,cobertos com plastico,parecem sem uso.Crianças vestidas com as roupas típicas brincam alegres,plantaram uma horta...O filho do Cacique tem vestimenta que o diferencia dos demais,mas correndo e brincando ele é exatamente igual ao seus amiguinhos.
Como a horta não tinha cerca,imaginei que os bichos da floresta iriam 'a noite 'fazer a festa'! Estavam recebendo a visita de autoridades locais,um casal que prometeu insumos para a horta.
As crianças cantaram,dançaram para homenagear os visitantes...Quando estavamos chegando na escola,meu guia,o AURICURI,deu uns assobios...era para avisar que ele estava levando visita... Mostrou plantas medicinaise seu uso,armadilhas que seu povo fazia para caçar os animais da floresta para se alimentarem(salientou que hoje já não caçam mais). Falou das meninas que vão para a cidade,se apaixonam pelo homem branco,se decepcionam e voltam para a Reserva...Comi um peixe assado com um óleo especial,'a moda indigena,prefiro 'a nossa moda mesmo!
Ouvi sobre os costumes deles,rituais de casamento,competições esportivas,modo de vida,choupanas que são apenas modelos das que eles usam,ainda dormem no chão (dizem que é por hábito). Pelo caminho na floresta conheci o Chico,um macaquinho domesticado que eles tratam com carinho.Arisco,fugiu de mim,mas se deixou acarinhar pelo Auricuri.
Meus deuses,sempre quero voltar aos lugares onde já estive!!!
Acredito que uma primeira viagem é a de 'reconhecimento',as outras são de puro deleite! Para rever lugares e conhecer novos que não foram possiveis da primeira vez...Quer saber? Quero voltar a PORTO SEGURO outra vez....De quantas vidas vou precisar para conhecer e rever todos os lugares que eu sonho??? Inté!



SPA




Dia chuvoso,minha alma também...nem fui viajar nem nada...
O que fazer num dia assim? Lá fui eu conhecer um novo spa urbano! Surpresa das surpresas!AZAHAR SPA! Oferece o circuito Hammam,
que tem origem nos antigos banhos turcos ,primeiro uma ducha fria,depois a sauna umida,depois , uma delicioso descanso numa enorme hidromassagem com cromoterapia, em seguida, uma ducha morna com direito a um perfumado shampoo e condicionador e finalmente uma sessão de banho de espuma sobre uma pedra de mármore aquecida,com esfoliação e hidratação cuidadosamente feitas por uma terapeuta,a Karina,com jatos mornos de água direcionados sobre pontos das costas mais suscetíveis a tensão...Cházinhos,tâmaras e ameixas e um yogurte são servidos durante o ritual.Coloquei um roupão,fui para outro espaço,comi um gostoso e saudável lanchinho.Aproveitei e conheci a massagem relaxante Azahar,pelas maravilhosas mãos da Karina. Depois fui para uma sessão de limpeza e hidratação do rosto com direito a designer de sobrancelhas e,de presente, uma deliciosa reflexologia podal...Saí de lá flutuando...ainda pensava em pegar um cineminha,mas preferi vir para casa curtir a gostosa sensação de meu DAY SPA! Voltarei lá com certeza!
Nem preciso dizer que tive uma noite de sono maravilhosa! E vou aproveitar o restinho do feriadão para curtir essa sensação de paz e tranquilidade que eu trouxe do Spa.Inté!

terça-feira, 1 de maio de 2012

Ramadan 2004





Inaie ( minha filha)  e Fabio ( meu genro) vão de férias para o Egito.
Eu e as meninas ficamos no resort Marbella em Sharjah...nos EMIRADOS ARABES,lembre que eu mal falo português.
Anita pequeninha ligava para o hotel pedia comida,pedia para que os funcionários viessem colocar as três camas de solteiro no mesmo quarto porque queríamos dormir e fazer bagunça juntas...ah bons tempos aqueles! E era atendida!
Nós brincavamos pelo resort,iamos para a piscina,enfim tinhamos liberdade para percorrer e usar toda a infraestrutura,como a sala de ginástica que Anita e Lia descobriram...As meninas tinham minha autorização para brincarem por perto da casa onde ficávamos enquanto eu preparava nosso almôço,por exemplo.
Tudo ia bem até que elas apareceram felizes da vida cada uma com um ratinho branco (de brinquedo) que corria pela casa me deixando enlouquecida e elas rindo ...alegres e saltitantes!
Meninas ,onde voces conseguiram esses ratinhos? E elas: foi um árabe nosso amigo que nos deu!!! Ai meus deuses!Que amigo é esse? Seus pais conhecem?Não,vovó não conhecem!
Ele e a esposa estão em lua de mel e hospedados aqui.
Meninas,eu não disse que não quero que voces sequer conversem com estranhos? Mas vó... Não tem vó nem menos vó! Voltem lá e devolvam os ratinhos!!!
Consegui que devolvessem? Nem em sonho! E lá fiquei eu vigiando as meninas a cada passo,morrendo de medo do árabe e suas possíveis más intenções...
Inaie e Fabio chegam sorridentes e revigorados pelas férias e eu...aflita. Conto a história par Inaie...
Relaxa,mãe! Os árabes terminaram o Ramadã ,periodo de jejum que todo muçulmano pratica e eles estão no Eid al Fitr "o banquete do término do jejum",onde ocorre feriado de três dias consecutivos,com distribuição de alimentos para os pobres,banquetes, usam roupas novas,e PRESENTES são trocados numa confraternização entre amigos e parentes e orações e agradecimentos 'a ALA são feitos!Sossega,dona Cirlei! Foi isso que aconteceu...Mais ou menos como o NATAL para nós!
Bem,imagine só a minha aflição,não falando nem ingles nem árabe e cuidando de duas menininhas sapécas num país distante! Inté!