sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Por que será?

Uma coisa muito me intriga. Por que será que algumas pessoas se sentem perdidamente e apaixonadamente envolvidas por outro país que não o seu?
Conheço pessoas que amam o Japão,a India,a França sem sequer terem ido aos países de sua paixão.
Algumas pessoas acham q este amor pode estar relacionado 'a vidas passadas.
Eu amo a França,principalmente Paris,desde os meus quatorze anos. Mas eu tenho algumas motivações para isso: eu estudei 4 anos de Frances e nenhum de inglês,lia sobre a cultura francesa ,mas o principal motivo deve ter sido meu lindo professor de frances, alto,olhos azuis e um enigmático sorriso nos lábios! Prof. Sérgio! Aqui fica a revelação de meu segrêdo: eu era apaixonada por voce! Hoje voce deve ter uns noventa anos e sua agradável imagem permanece jovem e sorridente nas minhas lembranças...
Fui pra Paris e meu amor pela cidade só aumentou! Quero voltar e quero conhecer as cidadezinhas do interior da França,mas morar por lá acho que não.
Conheço pessoas que amam a cultura,a culinária e o povo do país objeto de seus sonhos,mas não sei se gostariam de morar lá,viver o dia a dia como os locais.
Alguém tem uma teoria sobre a paixão por outros países? Continuo intrigada...Inté!

15 comentários:

  1. Amantikir, sem ter morado no lugar e sem nada de " olhos azuis" que motive um maior conhecimento sobre o local, não tem por que. Muitas vezes é um pouquinho de vaidade. Tenho uma amiga morando no Canadá. Motivo: aperfeiçoamento escolar. Tudo bem, só que estão com 40 gráus abaixo de zero e ela está morrendo de saudades daqui. Todo o "romantismo" criado para estudar lá está ficando real, kkk!
    Na minha opinião, as pessoas é que fazem o local. Morei em Juiz de Fora e adorei a cidade. Na realidade adorei o povo de Juiz de Fora. Até hoje quando vejo carro com placa de Juiz de Fora, paro para perguntar qualquer coisa da cidade. Enfim, é isso.
    Gosto muito de vir aqui e agora vou dormir porque criança dorme cedo, né?
    Beijos
    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manoel eu não sei explicar essa minha paixão pela França,por Paris...mas que ela existe,isso existe!
      Morei em Campos do Jordão,Tremembé e Taubaté e outras cidades mais,gosto delas,porém paixão não sinto não...Um lindo domingo! Bjs.Inté!

      Excluir
  2. Intrigado vai ficar o meu pai quando souber desse Prof Sérgio...
    aos 14 vc já era namorada dele.
    Hunfs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiaiai...na verdade eu tinha sete anos quando comecei a namorar seu pai! Sorte que durante todos esses anos de namoro houveram brigas e pequenas pausas.Mas minha paixão avassaladora pelo professor foi unilateral e nem ele nem ninguém soube disso!Inté!

      Excluir
  3. Caramba!!! Inaie espalhando intriga na família... hehehe.
    Acho que não tenho teoria sobre a paixão por outros países, mas adorei saber da sua pelo professor... ;)
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu,Mr. Lemos,que pensava que voce tivesse alguma teoria sobre o assunto! Que pena!Bjs Inté!

      Excluir
  4. Ahhh eu amo o Japão, amo o Brasil e estou aprendendo a amar a Inglaterra auhauah depende muito de como eu acordo. Mas é mais fácil vc se apaixonar quando vc fica um tempo nele. Eu morei 4 anos no Japão, por mais que eu tenha passado algumas dificuldades por lá, eu só tenho ótimas lembranças de lá. Com o tempo vc acaba amando o lugar.

    Kisu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah,João Ubaldo escreveu numa crônica que basta uma visita a um país diferente para acabarmos incorporando o dito cujo 'a nossa vida e passarmos a nos interessar por ele de forma diferente.Será? Inté!

      Excluir
  5. Morri com o comentário da Inaie! kkkkkkkkkkkkk
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  6. Vidas passadas, universos paralelos, lembranças de filmes...
    Devo ter sido um elegante gourmet em uma outra vida, pois a minha paixão é gastronômica.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Allan,que idéia romantica!Valeu pela visita!Inté!

      Excluir
  7. Oi Inaiê, eu acho que não há uma resposta única para esse tipo de questionamento que você levanta. Conheço pessoas que não amam o Brasil simplesmente porque associam o nosso país ao atraso, pobreza e porque isso afetam a sua autoestima. Tenho amigos que passaram a maior parte de suas vidas fora do Brasil, criaram amigos, laços de identidade de tal forma com outros países que passaram a amá-los mais do que aqui, onde não conhecem quase nada ou ninguém! Tem de tudo!!! E tem pessoas que nem eu, que amam a frança só de conhecer pelos livros e pelas fotos da minha irmã, que morou lá um tempo!
    Vá entender!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Vá entender mesmo!Eu estava na Australia e o Brasil ganhou uma partida de futebol.Nós ficamos exultantes e eu fiquei estarrecida ao perceber que muitos brasileiros que já moravam há anos por lá torceram para a Australia! Tinham perdido a referência pelo Brasil.E ficaram infelizes com a derrota!
    Eu fiquei muito triste e ainda não consigo entender esse mecanismo que o distanciamento do país natal provoca em algumas pessoas.Enfim...vá entender!

    ResponderExcluir
  9. Eu também amo a França. Estive em Paris quando era adolescente e de lá para cá essa paixão só aumentou. É por isso que eu decidi estudar francês.
    Não sei se gostaria de morar por lá mas fazer uma viagem pelo interor também é um dos meus sonhos.
    Bjs.
    Elvira
    http://evipensieri.wordpress.com/

    ResponderExcluir